Home - Início | Voltar | Entre em Contato


Marco Antonio Perna é analista de sistemas e pesquisador, com mestrado em sistemas e computação. Desde 1997 pesquisa a dança de salão sendo o criador do portal Agenda da Dança de Salão Brasileira que no final do século 20 uniu os dançarinos brasileiros pela internet. É autor do livro "Samba de Gafieira: a história da dança de salão brasileira", do livro "Dança de Salão Personagens e Fatos" e já escreveu artigos e textos de danca de salão para os Correios e para jornais de dança como: Dança e Saúde, jornal Dance, Dance News e Falando de Dança. Também escreveu artigo para o livro da coleção "As Melhores Dicas da Dança de Salão", da editora Delprado. Participou de congressos de dança de salão e promoveu seis edições do congresso Salão Rio Dança. Como dançarino de salão teve aula com Jaime Arôxa e seus instrutores e também com João Carlos Ramos da Cia. Aérea.


Procurar 

Documentário - O Samba e o Corpo
TCC 2013.2
Publicado em 16 de dez de 2013
Faculdades Integradas Hélio Alonso

Por: Reinaldo Rodrigues

A história do samba de salão contada a partir de uma perspectiva da comunicação não-verbal e sua relação sócio-cultural com o brasileiro.







Repórter Brasil - TV Brasil 21-07-2012

Vídeo da reportagem do baile e lançamento dos livros dos 200 anos e da estátua de Maria Antonietta. TV Brasil. Marco Antonio Perna, Leonor Costa e Jaime José.
Exposição 200 anos do ensino de dança de salão mo Brasil.









200 Anos da Dança de Salão no Brasil - De Lá Pra Cá
Reportagem da TVBrasil em 04/12/2011, no programa De Lá Pra Cá.

No De Lá pra Cá, a história da dança de salão no Brasil. Participam do programa o coreógrafo e professor Jaime Arôxa, a historiadora Mary Del Priore, o pesquisador e escritor Marco Antonio Perna e a coreógrafa e professora Dalal Achcar.







Dança de Salão 200 anos - CNT 05/08/2011
reportagem da CNT, canal 9 - Rio de Janeiro em 05/08/2011.








A Elegância do Passo - PUC-Rio - Pilotis 13.10.2008 /217










Entrevista com o coordenador do dancadesalao.com - 07/11/1998
Entrevista na Vinde TV

Dia 07/11/1998, às 13h, Carolina Vigna entrevista Marco Antonio Perna, Webmaster da Agenda, no programa Cyber Café da Vinde TV (NET, TVA, etc.).










Marco Antonio Perna entrevista Mário Jorge na abertura da Exposição 200 anos de Dança de Salão, no Centro Cultural Calouste, no Rio de Janeiro, em 01 de julho de 2011.








Padronizar ou Deixar Nosso Samba Morrer ?

Em 2001 ocorreu uma reunião com a presença dos mais renomados profissionais de dança de salão do Rio de Janeiro para a formalização de uma padronização do Samba de Gafieira. Nessa etapa foi padronizado os principais nomes de passos de nível básico, intermediário e avançado. Veja mais detalhes aqui.

Infelizmente, apesar do crescimento da dança de salão no Brasil nos últimos anos, o assunto foi esquecido. Digo infelizmente porque o Brasil e a Dança de Salão perdem com isso. Se formos em qualquer cidade brasileira, hoje em dia já se dança o samba de gafieira, mas com certeza os nomes dos passos diferem de cidade para cidade e passos tradicionais não são ensinados.

Um syllabus (ou pelo menos a adoção de uma padronização simples) permitiria a homogeneização do ensino e facilitaria dançarinos de academias diferentes dançarem entre si, coisa que muitas vezes se torna uma batalha entre o casal dançante.
Diriam alguns: "mas isso impediria a criatividade e tornaria a dança uma coisa engessada...".

É um erro muito grande pensar assim pois uma padronização permitiria apenas que o ensino inicial fosse homogêneo e preservaria os passos tradicionais (puladinho, pião, balão apagado, cruzado etc). Após o aprendizado inicial o aluno poderia aprender qualquer "invenção" de seu professor, que ensinaria os seus próprios passos e os tradicionais mais avançados.

Não teríamos apenas esses benefícios pois facilitaríamos a exportação do nosso samba de gafieira. Vejam o exemplo da capoeira e do tango argentino. A brasileiríssima capoeira preserva sua cultura e tem muito mais adeptos pelo mundo que nosso samba de gafieira. O Tango argentino é ensinado e dançado pelo mundo todo e os profissionais argentinos são dos mais requisitados para shows e workshops em todos os lugares. Na Salsa também vemos a preservação da cultura e profissionais brasileiros e estrangeiros sempre pesquisando para estarem sempre dentro do padrão, embora existam pelo menos dois padrões muito fortes. Outro exemplo é o swing americano, o lindy, o rock e a diversas variações, onde profissionais do mundo todo preservam a forma de dançar. Nós aqui, vocês sabem, deturpamos e criamos o soltinho e o samba-rock. Fizemos o mesmo que eles fizeram ao criarem o samba internacional de competição. Mas pelo menos já existem profissionais por aqui que ensinam as danças americanas como elas são e temos a autoria dessas duas variações nacionais de dança "solta" americana.
Na nossa dança de salão nós (eu não me incluo nessa) não preservamos nossa cultura, visto o que aconteceu com a lambada onde a maioria dos profissionais sabem que a dança atual do zouk nada mais é que uma evolução da lambada e chegam a dizer que é uma dança francesa. Essa dança é nossa e pelo menos deve ser chamada de lambada-zouk.
Vale lembrar, principalmente aos paulistas, que o nome da dança não é "gafieira" e sim samba de gafieira ou simplesmente samba, caso estejamos no ambiente de dança de salão. Gafieira é o local onde se dançam diversos tipos de dança e ao usar apenas a palavra gafieira também estamos perdendo a palavra forte do marketing de nossa dança para o mundo que é "samba". É correto chamar de samba de salão, porém "samba de salão" não é apenas o samba de gafieira mas também o samba internacional de competição, o (samba) pagode (paulista) e outras variações que possam ter existido ou que venham a existir.
Vejam agora no vídeo abaixo a opinião de Carlinhos de Jesus.

O áudio da entrevista está com uma pequena perda de sincronia devido ao youtube não converter bem o arquivo enviado.

Entrevista com Carlinhos de Jesus sobre a padronização.



Artigo publicado no jornal Falando de Dança 17, de março de 2009
http://issuu.com/dancenews/docs/ed-17---completa-para-leitura/08

Você pode comentar e classificar esse vídeo aqui.







Maria Antonietta nas Telas - 16/01/2009

Marco Antonio Perna conversa com a profa. Maria Antonietta sobre suas participações em filmes e novelas.







Eu dançando...

Pião, trança, facão, faquinha, romário, gancho redondo - Samba de Gafieira em 1999.






Eu dançando...

Na gafieira Elite, com máquina fotográfica
Roda de aniversário Domingueira da Paulinha - Gafieira Elite 16.11.2014
Filmado por Maria Carla Fontenelle







Eu dançando...

Na gafieira Elite, com máquina fotográfica de novo
Domingueira da Paulinha - Gafieira Elite - 02.11.2014








Eu dançando...

Na no Centro de Dança Jaime Arôxa, meados para o final da década de 1990.







dancadesalao.com no GNT provavelmente em 1999.


Permalink  [ Escreva seu comentário ] ( 59 views )   |  [ 0 trackbacks ]


Avise Um Amigo
Avise um Amigo

Opiniões/Comentários



 

Adicione sua Opinião/Comentário

Escreva seu comentário abaixo.









Insert Special:








Moderation is turned on for this blog. Your comment will require the administrators approval before it will be visible.




Cadastre seu email


Digite seu email para se inscrever
e tecle [enter].
Você será cadastrado na minha lista de divulgação da Agenda da Dança de Salão Brasileira, que fica no yahoo.com.br e que você poderá se descadastrar quando quiser.
Você receberá por email um pedido de confirmação (em inglês).
Basta responde-lo para ser cadastrado.
Mandarei somente avisos de postagens no Blog e notícias esporádicas.


Siga meu TWITTER.

Links

» Paleocartografia by Marco Antonio Perna

» Dicas DVD/CD/BD

» Loja: DVD/Livros de dança

» Agenda Da Dança de Salão Brasileira

» Nutricionista Clínica

» Saude e beleza express

» Login


@@@@@@@@@@@@@@$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$