Home - Início | Voltar | Entre em Contato


Marco Antonio Perna é analista de sistemas e pesquisador, com mestrado em sistemas e computação. Desde 1997 pesquisa a dança de salão sendo o criador do portal Agenda da Dança de Salão Brasileira que no final do século 20 uniu os dançarinos brasileiros pela internet. É autor do livro "Samba de Gafieira: a história da dança de salão brasileira", do livro "Dança de Salão Personagens e Fatos" e já escreveu artigos e textos de danca de salão para os Correios e para jornais de dança como: Dança e Saúde, jornal Dance, Dance News e Falando de Dança. Também escreveu artigo para o livro da coleção "As Melhores Dicas da Dança de Salão", da editora Delprado. Participou de congressos de dança de salão e promoveu seis edições do congresso Salão Rio Dança. Como dançarino de salão teve aula com Jaime Arôxa e seus instrutores e também com João Carlos Ramos da Cia. Aérea.


Procurar 

Em 2001 ocorreu uma reunião com a presença dos mais renomados profissionais de dança de salão do Rio de Janeiro para a formalização de uma padronização do Samba de Gafieira. Nessa etapa foi padronizado os principais nomes de passos de nível básico, intermediário e avançado. Veja mais detalhes aqui.

Infelizmente, apesar do crescimento da dança de salão no Brasil nos últimos anos, o assunto foi esquecido. Digo infelizmente porque o Brasil e a Dança de Salão perdem com isso. Se formos em qualquer cidade brasileira, hoje em dia já se dança o samba de gafieira, mas com certeza os nomes dos passos diferem de cidade para cidade e passos tradicionais não são ensinados.

Um syllabus (ou pelo menos a adoção de uma padronização simples) permitiria a homogeneização do ensino e facilitaria dançarinos de academias diferentes dançarem entre si, coisa que muitas vezes se torna uma batalha entre o casal dançante.
Diriam alguns: "mas isso impediria a criatividade e tornaria a dança uma coisa engessada...".

É um erro muito grande pensar assim pois uma padronização permitiria apenas que o ensino inicial fosse homogêneo e preservaria os passos tradicionais (puladinho, pião, balão apagado, cruzado etc). Após o aprendizado inicial o aluno poderia aprender qualquer "invenção" de seu professor, que ensinaria os seus próprios passos e os tradicionais mais avançados.

Não teríamos apenas esses benefícios pois facilitaríamos a exportação do nosso samba de gafieira. Vejam o exemplo da capoeira e do tango argentino. A brasileiríssima capoeira preserva sua cultura e tem muito mais adeptos pelo mundo que nosso samba de gafieira. O Tango argentino é ensinado e dançado pelo mundo todo e os profissionais argentinos são dos mais requisitados para shows e workshops em todos os lugares. Na Salsa também vemos a preservação da cultura e profissionais brasileiros e estrangeiros sempre pesquisando para estarem sempre dentro do padrão, embora existam pelo menos dois padrões muito fortes. Outro exemplo é o swing americano, o lindy, o rock e a diversas variações, onde profissionais do mundo todo preservam a forma de dançar. Nós aqui, vocês sabem, deturpamos e criamos o soltinho e o samba-rock. Fizemos o mesmo que eles fizeram ao criarem o samba internacional de competição. Mas pelo menos já existem profissionais por aqui que ensinam as danças americanas como elas são e temos a autoria dessas duas variações nacionais de dança "solta" americana.
Na nossa dança de salão nós (eu não me incluo nessa) não preservamos nossa cultura, visto o que aconteceu com a lambada onde a maioria dos profissionais sabem que a dança atual do zouk nada mais é que uma evolução da lambada e chegam a dizer que é uma dança francesa. Essa dança é nossa e pelo menos deve ser chamada de lambada-zouk.
Vale lembrar, principalmente aos paulistas, que o nome da dança não é "gafieira" e sim samba de gafieira ou simplesmente samba, caso estejamos no ambiente de dança de salão. Gafieira é o local onde se dançam diversos tipos de dança e ao usar apenas a palavra gafieira também estamos perdendo a palavra forte do marketing de nossa dança para o mundo que é "samba". É correto chamar de samba de salão, porém "samba de salão" não é apenas o samba de gafieira mas também o samba internacional de competição, o (samba) pagode (paulista) e outras variações que possam ter existido ou que venham a existir.
Vejam agora no vídeo abaixo a opinião de Carlinhos de Jesus.

O áudio da entrevista está com uma pequena perda de sincronia devido ao youtube não converter bem o arquivo enviado.

Entrevista com Carlinhos de Jesus sobre a padronização.



Artigo publicado no jornal Falando de Dança 17, de março de 2009
http://issuu.com/dancenews/docs/ed-17---completa-para-leitura/08

Você pode comentar e classificar esse vídeo aqui.

Permalink  [ 1 comentário ] ( 255 views )   |  [ 0 trackbacks ]   |  link relacionado


Avise Um Amigo
Avise um Amigo

Galeria de imagens

Anexos

Opiniões/Comentários



A Dança faz parte da cultura de um país. Infelizmente no Brasil qualquer dançarino com alguns meses da dança de salão já passa a se intitular "Professor" e a dar aulas. Não possuem didática e o pior a história da dança. Matam a sua própria galinha dos ovos de ouro ao misturar passos de outros ritmos pois não possuem a visão de médio prazo o que dirá de longo prazo. Conheço mais de 30 países e tenho a consciência do quanto a cultura é fator de identidade, de coesão e de divisas para um povo. Já é mais do que tempo dos Professores de Dança de Salão se unirem e criarem um syllabus para o nosso ritmo maior que é o samba.
Eleonora Barbosa

 

Adicione sua Opinião/Comentário

Escreva seu comentário abaixo.









Insert Special:








Moderation is turned on for this blog. Your comment will require the administrators approval before it will be visible.




Cadastre seu email


Digite seu email para se inscrever
e tecle [enter].
Você será cadastrado na minha lista de divulgação da Agenda da Dança de Salão Brasileira, que fica no yahoo.com.br e que você poderá se descadastrar quando quiser.
Você receberá por email um pedido de confirmação (em inglês).
Basta responde-lo para ser cadastrado.
Mandarei somente avisos de postagens no Blog e notícias esporádicas.


Siga meu TWITTER.

Links

» Paleocartografia by Marco Antonio Perna

» Dicas DVD/CD/BD

» Loja: DVD/Livros de dança

» Agenda Da Dança de Salão Brasileira

» Nutricionista Clínica

» Saude e beleza express

» Login


@@@@@@@@@@@@@@$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$